Frases Literárias de Novembro

sexta-feira, dezembro 15, 2017

  

   No início desta semana mostrei-vos as minhas aquisições e agora está na altura de vos dar a conhecer a minha frase favorita de cada uma das minhas leituras de Novembro, bem como as palavras que penso que melhor descrevem esses livros.
   No mês passado, tive a oportunidade de ler 6 livros, menos um que no mês anterior, e dois deles estavam em formato ebook. 
   Gostei de quase todos os livros que li mas dou especial destaque para o livro "A criança que não queria falar". É um livro extremamente tocante que mexe com as nossas emoções e nos faz reflectir sobre diversas questões que nos rodeiam e que nem sempre paramos para pensar sobre elas. Recomendo esta leitura a 100%, mas aviso já que é preciso estarmos emocionalmente preparados para mergulhar neste livro. 
   Por outro lado, desiludi-me um pouco com o livro "O Uivo do Demónio", pois dentro deste género literário acabou por não me trazer nada de novo, nem me cativar da forma que estava à espera.
   Deixo-vos então as frases escolhidas das minhas leituras de Novembro que se encontram, novamente, apresentadas pela ordem em que li os livros.

1. "Sangue de Anjo", de Nalini Singh
Frase: "Já tinha visto demasiada crueldade para acreditar nos contos de fadas que consolavam os seres humanos ao longo das suas vidas efémeras."
Numa palavra: anjos.

 2. "Um Violino na Noite", de Jojo Moyes
Frase: "E uma coisa que sei, uma coisa que aprendi neste último ano, é que se deve aproveitar todas as oportunidades para ser feliz."
Numa palavra: casa.

3"Archangel's Kiss", de Nalini Singh
Frase: "Ás vezes, as cicatrizes são o que nos faz ser quem somos."
Numa palavra: imortalidade.

4. "O Uivo do Demónio" de Kim Harrison
Frase: "Não precisava de um homem para me sentir bem em relação a mim mesma, mas valia a pena sofrer pela partilha de sentimentos entre duas pessoas."
Numa palavra: magia.

5. "A criança que não queria falar" de Torey Hayden
Frase: "Não haverá quilómetros bastantes que nos façam esquecer como fomos felizes. Nada pode roubar-nos as recordações."
Numa palavra: comovente.

6. "Archangel's Consort" de Nalini Singh
Frase: "Quando ele abriu a porta do quarto, sabia que jamais seria capaz de retomar a vida que tinha antes dela - onde a dureza era alimentada e o amor chamado de fraqueza."
Numa palavra: mistério.

   Como foi o vosso Novembro em termos de leituras? Algum destes livros faz parte da vossa lista de leitura ou já tiveram oportunidade de o ler? Aguardo os vossos comentários.
    Até breve...

Poderá também gostar de…

1 comentários

  1. Novembro foi muito fraco em leituras (imenso trabalho para fazer), mas li As Vinhas da Ira e recomendo :)

    ResponderEliminar

Arquivo do blogue

Ganhe dinheiro online

A autora deste blog diz

 photo 4df5ac71-4249-4446-b2f6-16f8fbf99138_zpszhyndcg4.jpg